Em novembro, cerca de 4 mil endocrinologistas estarão em Porto Alegre para participar do Congresso da Sociedade Brasileira de Diabetes. É um momento de discutir sobre os avanços no tratamento, conhecer resultados de novas pesquisas, ouvir sobre estudos internacionais e nacionais, entender mais sobre as novas tecnologias, educação e atividade física.

Serão 105 atividades científicas com o objetivo de entender, cada vez mais, o tratamento do diabetes e como encontrar caminhos para melhorar a qualidade de vida das pessoas com diabetes. Essa é a proposta de um congresso do porte do Diabetes 2015, que tem o Dr. Balduíno Tschiedel como presidente e o Dr. Marcelo Bertolucci, coordenando a comissão Científica. Quase 100 profissionais de saúde compõem as comissões de trabalho. Confira aqui

A programação científica está concentrada em três dias - 11 a 13 de novembro - e já definida. Além de um grande número de convidados nacionais, a SBD terá a presença de 13 palestrantes internacionais: David Matthews (Reino Unido), Decio Laks Eizirik (Bélgica), Edward Gress (Estados Unidos), Edwin Gale (Reino Unido), Enrique Caballero (Estados Unidos), Francine R. Kaufman (Estados Unidos), Franco Folli (Estados Unidos), Gilberto Velho (França), Juan José Gagliardino (Argentina), Leigh Perreault (Estados Unidos), Ralph Ziegler (Alemanha), Simon Heller (Reino Unido) e Steven Kahn (Estados Unidos).

Entre as notícias mais recentes está a definição da Diabetology & Metabolic Syndrome, que será a revista oficial do Congresso. Cerca de 300 abstracts serão selecionados para publicação e alguns escolhidos para serem apresentados na plenária do evento.

Uma parceria com a Associação Argentina de Diabetes, no dia 1º de abril, é outra notícia recente da organização do Congresso. O encontro que selou o trabalho em conjunto teve a presença do vice-presidente da SBD, Dr. Marcos Troian; Dr. Balduino Tschiedel Dr. Marcello Bertoluci; e a presidente da Sociedade Argentina, Maria Cristina Faingold. Com esse acordo inicia-se uma parceria entre os dois países. Haverá um simpósio e um encontro com o professor com palestrantes argentinos e brasileiros.

Serão três dias de muito trabalho na capital gaúcha. Além da grade principal estão sendo programadas diversas atividades que serão informadas, aqui no site da SBD, nos próximos meses.

É um congresso médico e multidisciplinar e os profissionais de saúde podem se inscrever diretamente no site do evento.

Links para inscrições e trabalho: