• SITEC 2015

    Simpósio Internacional de Tecnologias em Diabetes

  • Petição AVAAZ - Ajude-nos a melhorar o tratamento com insulinas

    A Sociedade Brasileira de Diabetes, SBEM, Sociedade Brasileira de Pediatria, ADJ, ANAD e FENAD publicaram, no AVAAZ, a petição "Insulinas melhores para crianças e adolescentes com diabetes do Brasil".

  • Seu texto publicado aqui no nosso site!

    Certamente você tem ideias, casos clínicos, comentários, sugestões, críticas, enfim, qualquer assunto que seja de interesse para toda nossa comunidade de profissionais da saúde.

    Compartilhe com nossos leitores essa capacidade editorial que você tem.

    ENVIE SEU TEXTO PARA: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

    VOLTAR

    {jcomments on}

PARTICIPE E COMENTE!

As Sulfonilureias ainda permanecem como uma opção aceitável para a terapia adicional à Metformina no Diabetes tipo 2?

As Sulfonilureias ainda permanecem como uma opção aceitável para a terapia adicional à Metformina no Diabetes tipo 2?

A edição de janeiro de 2015 da revista Diabetes Care publica um importante debate sobre um dos grandes dilemas na terapêutica atual do diabetes tipo 2: as sulfonilureias ainda permanecem como uma opção aceitável como terapia adicional à metformina na sequência de abordagens farmacológicas no diabetes tipo 2?

Leia Mais
Como o estresse pode agravar ou desencadear o diabetes?

Como o estresse pode agravar ou desencadear o diabetes?

A ideia de que o estado emocional leva ao desenvolvimento do diabetes existe desde o século 17. Foi o médico inglês Thomas Willis que viveu entre 1621 e 1675 o primeiro relatar que algumas pessoas quando passavam por estados de tristeza ou estresse profundos desenvolviam diabetes.

Leia Mais
A história de Willian: Dificuldade diagnóstica no Diabetes Tipo 1

A história de Willian: Dificuldade diagnóstica no Diabetes Tipo 1

Pela mamãe: ROSÂNGELA ROMUALDO

Bem, não sei ao certo quando começou, mas meu filho Willian já vinha reclamando de dores no corpo, câimbras, tonturas e dores de cabeça. Eu o levava ao médico e o diagnóstico era o seguinte: as dores no corpo eram devidas ao crescimento, as câimbras devidas à falta de cálcio, a tontura e dores de cabeça eram decorrentes do problema de visão que ele tem (astigmatismo).

Leia Mais
Ameaça silenciosa. A descoberta dos benefícios de uma atividade física continuada sobre a qualidade de vida das pessoas com diabetes

Ameaça silenciosa. A descoberta dos benefícios de uma atividade física continuada sobre a qualidade de vida das pessoas com diabetes

Um dia desses encontrei uma amiga que há muito não via. Vou chamá-la, aqui, de Sophia. Sophia estava muito bem, em ótima forma, mais bonita e, certamente, mais saudável do que na época que estudávamos juntas, anos atrás. Bem, papo vai, papo vem, Sophia me diz que a mudança física e comportamental deve-se a uma triste notícia.

Leia Mais
A presença do diabetes pode ser obstáculo para o exercício da profissão de motorista?

A presença do diabetes pode ser obstáculo para o exercício da profissão de motorista?

Recebemos um e-mail emocionado de um motorista de ônibus que alega ter sido discriminado no processo de seleção para esse cargo numa empresa de ônibus somente pelo fato dele ser portador de diabetes. O teor completo desse e-mail bem descreve a angústia e a revolta de nosso leitor com a discriminação que ele sofreu no processo seletivo.

Leia Mais
Atividade física e Diabetes

Atividade física e Diabetes

Para os pacientes Diabéticos, realizar atividades físicas é essencial para ajudar no bom controle da doença. A recomendação da Sociedade Brasileira de Diabetes é que os adultos com diabetes, se não apresentarem contraindicações, devem realizar no mínimo 150 minutos de atividades físicas por semana. Estes 150 minutos podem ser divididos em no mínimo 3 dias da semana, e com intervalos sem atividade física não ultrapassando 2 dias. Mas, você sabe calcular seu gasto calórico durante uma atividade física?

Leia Mais

O impacto do controle glicêmico sobre o risco de insuficiência cardíaca em pacientes com diabetes

O diabetes, em si, já é um fator de risco para insuficiência cardíaca (IC). Entretanto, ainda não está devidamente comprovada a correlação entre o controle glicêmico rígido e a redução na ocorrência de IC em pacientes diabéticos.

O presente estudo teve por objetivo avaliar esta questão, investigando as associações específicas de raças com diferentes níveis de hemoglobina glicada (A1C) e seu impacto no risco de IC em pacientes com diabetes.

O estudo incluiu 17.181 negros americanos e 12.446 brancos, os quais foram seguidos durante 6,5 anos exatamente com o objetivo de avaliar a ocorrência de IC durante o período de observação.

Durante o seguimento, foram identificados 5.089 casos de IC os quais se mostraram diferentemente associados a diferentes níveis de A1C no início do estudo. Em ambos os grupos estudados, os pacientes foram classificados de acordo com seis diferentes faixas de resultados de A1C, variando de -6,0% até >10,0%. Os resultados do estudo mostraram uma proporcionalidade direta entre níveis de A1C e ocorrência de IC. O maior risco de ocorrência de IC apresentou um aumento de 49% no grupo de negros americanos e de 61% no grupo de pacientes brancos portadores de diabetes. Essa associação proporcional também esteve presente em pacientes diabéticos com ou sem tratamento com agentes redutores da glicemia.

Os autores concluíram que o estudo sugere fortemente uma associação gradual positiva entre níveis de A1C e o risco de insuficiência cardíaca tanto em pacientes com diabetes, tanto nos negros como nos brancos.

Fonte: Zhao W, Katzmarzyk P, Horswell...

A tecnologia que estimula sua atividade física: Endomondo

Atividade física todos sabemos, é uma ação de excelente auxílio para o controle do Diabetes, assim como a tecnologia.

Então, a tecnologia aplicada ao exercício físico pode potencializar e muito o valor deste para todos, incluindo as pessoas com Diabetes.

Desta forma, uma ferramenta muito valiosa é o ENDOMONDO, app gratuito (ou pago em versões mais sofisticadas) que pode ser utilizado em Smartphones com plataforma Android, BlackBerry, iOS, Symbian e WinMo.

Endomondo é uma comunidade de esportes criada em 2007, baseada no rastreamento de corrida, ciclismo, etc. via GPS, gratuito e em tempo real, cuja chamada no site é: “Rastreie seus treinos; Desafie os seus amigos; Analise seu treinamento; Com Endomondo no seu telefone, você pode acompanhar a sua corrida, ciclismo e outros esportes. É divertido, é social e é motivador.”

Tendo o App instalado no seu celular e com o GPS ligado, ao iniciar uma atividade física, como caminhada...

Baixos níveis séricos de vitamina D podem ser preditores de complicações do diabetes tipo 2 (DM2)

Pessoas com diabetes frequentemente desenvolvem doença vascular. O presente estudo investigou a correlação entre níveis séricos de vitamina D e risco cardiovascular (incluindo infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral), bem como em relação às complicações microvasculares (incluindo retinopatia, nefropatia, neuropatia e amputação).

Nada menos que 50% dos pacientes de um estudo observacional com 5 anos de duração apresentava baixas concentrações séricas de vitamina D, conforme indicado por uma concentração mediana dessa vitamina, da ordem de 49 nmol/L. Esses pacientes com concentrações inferiores a 50 nmol/L apresentaram uma incidência cumulativa mais alta de eventos macrovasculares e microvasculares, em comparação com aqueles pacientes com níveis séricos acima de 50 nmol/L. Uma análise multivariada estratificada por tratamento e ajustada para interferentes relevantes identificou a concentração sérica de vitamina D como um preditor independente de eventos macrovasculares. Níveis abaixo de 50 nmol/L promoveram um aumento significativo de 23% no risco de complicações macrovasculares....

Relação entre controle glicêmico intensivo e doença cardíaca isquêmica

A hiperglicemia é uma condição que expressa o mau controle do diabetes e que pode aumentar substancialmente o risco de doenças cardíaca isquêmica nesses pacientes. Apesar das várias publicações indicando o impacto do bom controle glicêmico sobre a redução do risco cardiovascular, esse fato ainda não é uma unanimidade entre os especialistas. O presente estudo teve por objetivo avaliar se a redução intensiva da glicemia poderia afetar o risco cardiovascular.

Foram incluídos na população estudada 10.251 adultos, com idades entre 40 e 79 anos e com diabetes tipo 2, apresentando uma hemoglobina glicada média de 8,3%, além de fatores de risco para doença cardíaca isquêmica no estudo ACCORD. Os participantes foram aleatoriamente alocados a um esquema de terapia intensiva ou padrão (A1C<6,0% ou 7,0-7,9%, respectivamente). Os autores pesquisaram a presença de infarto do miocárdio fatal ou não fatal, revascularização coronária, angina instável e angina recente durante o tratamento ativo, com...

Petição AVAAZ. Abrace essa causa você também! Assine!

Colunistas








Diabetes na Imprensa

Notícias das Regionais

Anuncie

Baixe o Mídia Kit da SBD, nele você encontrará todas as informações disponíveis para a veiculação de anúncios publicitários em nosso portal.

 

Fale Conosco

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-011 - São Paulo - SP

 

(11) 3846-0729
secretaria@diabetes.org.br

Expediente

 

Acesse nossas redes:

Showcases

Background Image

Header Color

:

Content Color

: