Vários internautas nos enviam dúvidas sobre o consumo do açúcar mascavo. Por ter imagem de ser uma alternativa mais saudável do que o refinado, vários questionamentos surgem a seu respeito. Para esclarecer as dúvidas, a Dra. Ana Maria Calábria, do Departamento de Nutrição e Metabologia da SBD (gestão 2008-2009), responde as perguntas mais freqüentes sobre este tipo de açúcar. 

1) O que é o açúcar mascavo?

 

O açúcar mascavo tradicional é um alimento obtido diretamente da concentração do caldo de cana recém-extraído. Este processo elimina o uso de aditivos químicos para o processo de branqueamento e clarificação. Sua cor pode variar do dourado ao marrom-escuro, em função da variedade e da estação do ano em que é a cana é colhida.

2) Qual a diferença entre açúcar mascavo e açúcar refinado (composição química, quantidade de carboidratos, composição nutricional, calorias)?

 Composição

Refinado 

Mascavo 

Calorias (cal)

387

376

Carboidratos (g)

...

1) Eu gostaria de saber a respeito da autenticidade das pesquisas divulgadas no artigo escrito pela Dra. Mancy Marckle, do dia 10 de Julho de 2007. Entre outras coisas, ela fala a respeito da chamada "Doença do Aspartame". Qual a opinião da SBD a respeito deste e dos demais assuntos tratados neste artigo?

Redação SBD: O site da SBD já publicou uma reportagem a respeito dos boatos sobre o aspartame. Veja.

 2) Qual o melhor adoçante para pessoas com diabetes?

Anelena Seyffarth (Nutricionista - Departamento de Nutrição SBD, gestão 2006-2007 e 2008-2009): As pessoas com diabetes podem utilizar qualquer adoçante disponível no mercado. No entanto, é sempre bom lembrar que , assim como os alimentos, o seu uso deve ser moderado e apenas quando necessário. Sugiro ler o Manual de Nutrição disponível no site da SBD, são 7 capítulos que podem lhe auxiliar. É fundamental que sua mãe procure um(a) nutricionista para discutir com...

1) Gostaria de saber se existem restrições à prática de Pilates por pessoas com diabetes?

Dr. Josivan Lima: Não há restrições, desde que o diabetes esteja controlado.

 

2) Gostaria de saber se há um limite de glicemia que contra-indique a prática da atividade física, qual seria este limite e porque contra-indica a atividade (já li que é contra-indicado realizar exercícios com glicose acima de 250mg/dl).

Dr. Josivan Lima: A atividade física libera catecolaminas que são hiperglicemiantes, de modo que se tiver com glicemia elevada, a tendência é aumentar mais ainda.

{backbutton}

...

De repente dá aquela fome, confusão mental, tremores, suores, fraqueza, coração acelerado, sonolência... Quase toda pessoa com diabetes já sentiu isso. A hipoglicemia pode acontecer com os que usam insulina ou medicação oral.

Na maioria das vezes o próprio paciente identifica os sintomas e ingere algum alimento com açúcar. Em outras ocasiões, necessita-se de socorro. Surgem, então, perguntas muito comuns entre aqueles que convivem com alguém que tem diabetes. Como sei que alguém está com hipoglicemia? O que faço quando isto acontecer?

Por que acontece?

 

As hipoglicemias significam baixo nível de glicose no sangue (glicemia abaixo de 60 mg/dl). Geralmente são ocasionadas por falta de refeições nos horários corretos, por exercícios físicos excessivos, ou por doses elevadas de insulina e/ou medicamentos (hipoglicemiantes orais).

As melhores alternativas para evitar o surgimento de hipoglicemias são: respeitar os horários corretos das refeições, programar os exercícios físicos (horário e alimentação adequados), seguir...

1) Gostaria de saber como devo fazer para receber os medicamentos grátis, pelo SUS, como insulina e fitas.

Redação da SBD: A lei federal de n° 11.347 (assinada em 27 de setembro de 2006 pelo Presidente da República) está em vigor e determina que os pacientes com diabetes recebam, gratuitamente, do Sistema Único de Saúde - SUS, os medicamentos necessários para o tratamento, assim como os materiais exigidos para a sua aplicação e a monitoração da glicemia capilar. O texto da lei afirma que, para ter este direito, é preciso estar inscrito em algum programa de educação especial em diabetes.

 

Na prática, a pessoa precisa ir ao posto de saúde mais próximo de sua residência, e cadastrar-se como paciente com diabetes do SUS ou do Sistema de Informação em Hipertensão e Diabetes (Hiperdia). No mesmo local, deve-se pedir pelos medicamentos necessários ao tratamento, prescritos pelo médico responsável em uma receita...

Próximos Eventos

Anuncie

Baixe o Mídia Kit da SBD, nele você encontrará todas as informações disponíveis para a veiculação de anúncios publicitários em nosso portal.

 

Fale Conosco

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-011 - São Paulo - SP

 

(11) 3846-0729
secretaria@diabetes.org.br

Expediente

 

Acesse nossas redes:

Showcases

Background Image

Header Color

:

Content Color

: