Área de Profissionais, clique aqui.

Diabetes tipo 2 tem cura?

Dra. Andressa Heimbecher Soares
Endocrinologista
Especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Médica colaboradora do Grupo de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia e Membro Ativo da Endocrine Society.


O diabetes é uma doença que afeta cerca de 14 milhões de Brasileiros, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes. E, além de ser muito comum, suas complicações são bastante temidas: amputações, hemodiálise ou perda da visão, além de infartos ou derrames. Diante da gravidade do problema, é natural que busquemos incessantemente a cura da diabetes. Mas será que realmente a diabetes tem cura?

Quando analisamos pela óptica da medicina, na realidade, o diabetes não tem cura. O que pode acontecer é que a pessoa passe a apresentar, durante ou depois de um tratamento, níveis controlados de açúcar no seu sangue, que podem até serem níveis normais. Mas, uma vez que a pessoa já foi diagnosticada com diabetes, ela será sempre diabética, bem controlada, mas terá que ter os cuidados e monitoramento regulares.

Muitas vezes, fala-se em cura do diabetes quando, no caso do diabetes tipo 2, se a pessoa desenvolve a doença devido ao aumento de peso e ela emagrece, os níveis de açúcar se normalizam, e isto muitas vezes é visto como cura. Aqui, é importante entendermos que o que acontece na verdade é um bom controle da doença, mas caso a pessoa volte a ganhar peso, muito provavelmente a doença voltará a dar sinais nos exames de sangue.

Além disso, o corpo sente em longo prazo os efeitos do açúcar elevado na corrente sanguínea, mesmo que este aumento seja por um período curto de tempo. Se uma pessoa teve o diagnóstico de diabetes e mudou seus hábitos, normalizando as taxas de açúcar em cerca de 3 meses, por exemplo, mesmo assim o seu corpo sentirá os efeitos desta descompensação no futuro, é a chamada memória metabólica do organismo.

Dessa forma, mesmo que o paciente diabético esteja com suas taxas de açúcar normais e não esteja tomando nenhum medicamento, os exames de rotina anuais como fundo de olho para avaliar a retina, microalbuminúria para avaliar o rim, controle da pressão e colesterol devem ser feitos.

Atualmente novas técnicas de transplante de pâncreas ou das ilhotas pancreáticas – que são as estruturas que produzem insulina – podem ser usadas para o tratamento do paciente diabético tipo 1, e menos comumente nos tipo 2. E mesmo assim, neste caso, com a total normalização dos níveis de glicose no sangue, o acompanhamento nos anos seguintes com os exames importantes para o diabetes deverá continuar a ser feito.

Muito também tem se falado sobre a cirurgia bariátrica promover a cura do diabetes. E aqui o raciocínio é o mesmo da perda de peso. Mesmo que um paciente diabético tipo 2 se submeta a cirurgia e pare de usar medicamentos, se seus níveis de açúcar ficarem normais, mesmo assim ele ainda, a rigor, continuará sendo diabético – bem controlado, mas diabético. Nestes casos os especialistas chamam de remissão da doença e não de cura.

Então, devemos desanimar? Claro que não! Na prática, para a qualidade de vida do paciente, a remissão do diabetes é tudo que um médico deseja para seu paciente. Quanto mais os níveis de glicose forem normais no sangue, menos complicações e maior qualidade de vida.

VOLTAR

 

AVISO IMPORTANTE
Conforme determina o Código de Ética Médica, nossos colaboradores não poderão emitir parecer médico ou sugerir orientação diagnóstica ou conduta terapêutica sobre pacientes que não estejam sob seus cuidados profissionais.

Adicionar comentário

Código de segurança Atualizar

Comentários  

Maurício Silveira 15-12-2015 01:40
Dra. Andressa, bom dia.
Gostei muito do artigo, tenho diabetes tipo 2, e gostaria de saber se conhece Supervit, qual a eficácia dele, seus comentários por gentileza.

Sds,
Maurício Silveira
Augusto Pimazoni Netto 28-09-2015 09:37
IMPORTANTE

A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) não tem elementos para poder manifestar uma opinião técnica sobre assuntos de tratamentos leigos do diabetes (chás, poções, fitoterápicos, etc.). No entanto, a SBD sugere muita cautela quando as pessoas com diabetes procuram soluções fáceis através de "promessas milagrosas".
Celso Rodrigues Borges 27-09-2015 12:18
Boa Tarde
Gostaria de saber se o chá supervit ajuda no tratamento do pancreas, como demonstra no site no google.
Obrigada
Andre 05-08-2015 11:18
A cura da diabetes tipo 2 é simples. Se a população parar de comer açucar, acabará a doença.
Eu mesmo parei de comer açucar e em um ano meus niveis nunca mais subiram. Emagreci naturalmente. O açucar é um veneno que a industria colocou para a humanidade e movimenta toda uma roda imensa de bilhões de dolares por ano. A OMS diz que o melhor é comer no maximo 10% de açucares de toda a ingestão diária recomendada, e chega a citar que melhor seria apenas 5% da ingestão diária. Se açúcar fosse realmente bom a OMS não daira esse alerta.
Porém ficamos por aí incentivando a comer açúcar. Essa foi uma doença que o proprio ser humano criou e agora tenta solucionar com mais gastos.
Rosania Oliveiras Miranda 14-07-2015 00:09
Estou com dormência queimacao dores e fisgadas nas pernas, pés, mãos e bracos e descobri que a glicemia estava alta por acaso e hoje faço uso de metformina. Quando descobri minha glicemia estava H I dai dentro de quinze dias tomando os medicamentos e na dieta a base de legumes e verduras e alimentos integrais minha glicemia foi para 82 dai em diante ela só ficou baixando e sempre quandonpercebo que está baixa tenho que ingerir algo doce pois senão posso desmaiar. Eu queria saber se posso fazer uso do chá superávit. E se ele eficaz?
Maurilio Ferreira da Silva 15-06-2015 08:33
Bom dia tenho 55 anos estou pesando 76,8 tomo galvus med 50 x 850 e tomo remedio pressão thorloz
50x12,5 estou controlado mais preciso de emagrecer 4 k no meu caso tomo estes medicamentos
gostaria de saber existe tratamento mais avançado para eliminar os remedios
vania 13-06-2015 20:45
ola eu quero uma solucao para a minha diabete que eu poso fazer em casa por que os remedios sao muito caros e minha insulina glargina e de alto custo e o salario nao esta dando para comprar.
vania 13-06-2015 20:39
ola eu queria uma solucao para a minha diabete
SUELI 02-06-2015 10:53
Bom dia,
Gostaria de saber sobre o Chá Supervit 100ml, ajuda a controlar o diabetes tipo 2, ou é uma farsa?

Aguardo resposta.
José Carlos dos Santos 16-05-2015 16:16
Olá,

após ter feito a curva glicemica, a mesma aponta em jejum de 10 horas o valor de 119, não sou obeso e pratico caminhada diariamente, estou medicado a tomar o Glifage 500mg, 01 comprimido/dia; p.f quais são as chances de eu manter ainda assim("resultad o baixo") e o que devo intensificar para preservar-me cada vez mais? Eu era doador de sangue; posso ainda continuar a doar?

P.S: não tenho nenhum sintoma.

No Aguardo e Obg,

José Carlos
Ramilton souza 14-05-2015 10:13
Gostaria de saber se as células tronco um dia vai cura as pessoas que tem diabetes?
ELISABETH HUBNER MAIA 13-05-2015 13:38
OLÁ DRA ANDRESSA.
SOU DIABÉTICA Á 3 ANOS Á MÉDIA GLICADA 300.
TOMO GLIMEPIRIDA, TRAYENTA E METFORMINA MINHA MÉDICA RECEITOU JARDIANCE.
POR FAVOR OQUE VC SABE A RESPEITO DESTE MEDICAMENTO?
OBRIGADA
ELISABETH
Laecio Pinto Leite 09-05-2015 08:14
Olá,
Tenho 50 anos, e comecei a sentir sintomas da diabetes a 06 meses, fiz exame de hemoglobina glicada (A1C) e o resultado 12,2%, qual meu tipo de diabetes?
Obs: O exame foi feito 06/11/2014
Paula 05-05-2015 11:50
Somente atividade física ajuda a controlar a taxa de glicemia ou é indispensável o uso do remédio? Existe diagnóstico falso positivo para Diabetes? Se sim, quando ele ocorre?
jose afonso adriano filho 15-04-2015 15:34
muito bem exemplificado, realidade no diagnostico.gos tei muito!
Manoel Pereira de Sousa 14-04-2015 13:54
abéns Dra. Andressa pelos esclarecimentos
Tenho 67 ano e sou diabético 17 anos.
Gostaria de saber se o "Chá Supervit 100ml" ajuda baixar a glicole como está anunciando no google.
Obrigado
Jose Afranio Marques 30-03-2015 17:58
o 1º uso da insulina vai ser para sempre, quantas vezes por dia vou usar a injeção?
tenho q levar a injeção pra festas, praias, futebol pra tomar insulina. Minha vida ñ é mais a mesma?

obg.
afranio
Cláudio re Oliveira dos Santos 22-03-2015 15:12
Fui diagnosticado com diabetes como devo agir daqui para frente? Tenho muitas dúvidas ainda sobre a diabetes. O que eu posso comer

Colunas mais lidas

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

SBD nas Redes