Nos últimos anos, um foco maior tem sido dado à questão feminina em relação ao diabetes. Isso acontece porque a partir do levantamento de dados sobre a saúde da mulher, políticas governamentais e informações sobre o diabetes nota-se a necessidade de cuidar deste público de forma mais específica, diferenciada e atenciosa.

Segundo a OMS, 8% das mulheres - ou 205 milhões - vivem com diabetes em todo o mundo. Há alguns fatores que as atingem diretamente, como os cuidados durante a pré-concepção, o diabetes gestacional e o período da menopausa.

Duas em cada cinco mulheres com diabetes são de idade reprodutiva, respondendo por mais de 60 milhões de mulheres em todo o mundo.

  • Diabetes é a nona principal causa de morte em mulheres em todo o mundo, causando 2,1 milhões de mortes por ano
  • As mulheres com diabetes tipo 2 são quase 10 vezes mais propensas a ter doença cardíaca coronária do que as mulheres sem a condição.
  • As mulheres com diabetes tipo 1 têm um risco aumentado de aborto precoce ou têm um bebê com malformações

(Fonte: International Diabetes Federation)

A Sociedade Brasileira de Diabetes tem, durante o Biênio 2018-2019, sua Presidência representada pela Dra. Hermelinda Pedrosa, terceira presidente mulher eleita ao cargo. As expectativas são de um período de desenvolvimento de ainda mais ações focadas na saúde feminina e na conscientização da mulher sobre os cuidados específicos que ela deve ter.

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

!-

secretaria@diabetes.org.br

-->

SBD nas Redes