O que é a diabulimia, considerado um dos distúrbios alimentares mais perigosos do mundo

  

Dra. Claudia Pieper

  • Doutora em Endocrinologia
  • Co-Coordenadora do Departamento de Doenças Psicossociais e Transtornos Alimentares da SBD
  • Co-Coordenadora do Curso de Pós Graduação em Endocrinologia PUC-Rio / IEDE
  • Membro da Academy for Eating Disorders (AED)

Diabulimia é  um transtorno alimentar descrito no The Diagnostic and Statical Manual of Mental Disorders (DSM-IV e DSM-5) como a prática da  omissão (deixar de tomar e/ou pular doses) ou diminuição intencional  da dose de Insulina,  com o objetivo de perder peso. Desta forma, a glicemia se mantém alta de forma constante, promovendo glicosúria            ( perda de glicose na urina), levando ao emagrecimento. Com isso, podem  ocorrer internações frequentes pela descompensação da glicemia (cetoacidose diabética) e também hipoglicemias graves. A dosagem da hemoglobina glicada (HbA1c) fica elevada, causando também complicações crônicas precoces (com menos de cinco anos de história de diabetes tipo 1) como retinopatia, neuropatia e nefropatia.   Mas, jovens com diabetes,  também podem somar à  manipulação da dose de insulina outras formas de purgação como  vômitos, uso de laxantes, diuréticos ou prática excessiva de exercícios físicos objetivando a perda de peso. Isto deve ser investigado  pelos profissionais de saúde que lidam com o paciente diabético sempre que houver uma preocupação excessiva com o peso, com a imagem corporal e na presença de um controle glicêmico constantemente  ruim apesar das orientações prescritas.

A  Diabulimia é considerada um dos transtornos alimentares mais graves porque mesmo quando o paciente confessa sua omissão de insulina para o profissional de saúde, geralmente  minimiza a frequência ou quantidade de vezes que omite.  Assim, o número de pessoas afetadas é sub-relatado,  promovendo uma alta morbidade e mortalidade.

  • Colton P, Diabetes Care 2004;27:1654–165;
  • Pieper C, Araújo A e Freitas S. Diabulimia: Uma Combinação Perigosa;Grupo Gen;AC Farmacêutica, 2013.
  • Jones JM, BMJ 2000;320:1563–15660
  • Takii M e Cols.International Journal of Eating Disorders 41:3 259-264,2008
  • Goebel-Fabbri AE, Fikkan J, Franko DL, Pearson K, Anderson BJ, Weinger K. Diabetes Care,2007,Mar;31(3):415-9                                                                    
  • Baechle C, Castillo K, Strabburger K, Sthal-Pehe A,Meissner T, Holl RW, Giani G, Rosenbauer J. Int J Eat Disord 2014;:342-352) 

Os 10 mais lidos

Contato

(11)3842-4931

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 Vila Nova Conceição, CEP: 04511-011 São Paulo - SP

Copyright © 2017 - Sociedade Brasileira de Diabetes