Participe do Curso Pré-XIV Congresso CHLA – Diabetes e Transtornos Alimentares

Como parte da programação de Cursos Pré-XIV Congresso CHLA , a Sociedade Brasileira de Diabetes organiza o Curso “Educando Educadores em Diabetes em Transtornos Alimentares – da prática à teoria”, que será realizado no Rio de Janeiro, em 5 de setembro, das 14h às 18h. Voltado a médicos, profissionais de saúde (como os da área de nutrição, psicologia e enfermagem), professores de educação física, e também residentes, pós-graduandos e alunos universitários, o curso tem por objetivo educar e conscientizar a respeito do tratamento e prevenção dos Transtornos Alimentares nos pacientes com diabetes.

O evento contará com palestras das coordenadoras do Departamento de Educação em Diabetes da SBD, a endocrinologista Dra. Claudia Pieper e a psicóloga Graça Câmara; da nutricionista Maristela Strufaldi, membro do Departamento de Nutrição da SBD; além da Dra. Pamela Keel, doutora em psicologia e ex-presidente da Academy for Eating Disorders da Universidade da Flórida.

Os transtornos alimentares associados ao diabetes são conhecidos pelo termo “diabulima” – que significa a omissão ou diminuição da dose de insulina com o objetivo de perder peso. Pesquisadores estimam que entre 10 e 20% das adolescentes até os 16 anos e entre 30 e 40% das jovens entre 16 e 25 anos com diabetes alteram a dosagem de insulina para controlar o peso. “A diabulimia também pode se apresentar somada a comportamentos chamados de purgativos compensatórios, como vômitos, uso de laxantes, diuréticos ou exercícios físicos de forma excessiva. As pessoas com diabetes afetadas com esse transtorno têm dificuldade para o convívio social, tendo o foco na alimentação e na imagem corporal”, explica a Dra. Claudia Pieper.

De acordo com Claudia, os sinais são difíceis de serem identificados, por isso os profissionais de saúde devem ser treinados para perceber comportamentos que podem estar associados a esses transtornos. “Estabelecer o diagnóstico da omissão da dose de insulina para a perda de peso é um desafio, principalmente porque a diabulimia é mais comum na fase da pré-adolescência e adolescência, onde já existe uma insatisfação com o próprio corpo. Por isso, é fundamental reconhecer os sinais de alerta. Entre eles, destacam-se o esquecimento do glicosímetro e/ou não anotação de forma correta dos resultados no diário para levar à consulta; relutar em querer se pesar nas consultas médicas ou da nutrição; estar sempre querendo uma nova dieta, pois geralmente apresentam insatisfação com a quantidade de carboidratos orientada; esconder o momento de autoaplicar a insulina deixando de colocar a dose prescrita; níveis sempre altos da hemoglobina glicada, entre outros”, afirma.

As inscrições no curso devem ser feitas pelo site do Congresso – membros da SBD garantem desconto. Saiba mais: Clique aqui!

Contato

(11)3842-4931

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 Vila Nova Conceição, CEP: 04511-011 São Paulo - SP

Copyright © 2019 - Sociedade Brasileira de Diabetes