Suspensão do uso de insulina em pacientes diabéticos tipo 2 que receberam transplante de células-tronco


Dr. Carlos Eduardo Barra Couri
PhD em Endocrinologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP
Pesquisador da Equipe de Transplante de Células-tronco - USP - Ribeirão Preto

Em janeiro de 2012 dividi com todos um dos mais promissores artigos sobre transplante de células-tronco em pacientes com diabetes tipo 2 (DM2). Neste artigo foram infundidas por veia periférica células-tronco mesenquimais de placenta em 10 voluntários. Entretanto, este estudo assim como vários outros envolvem um número pequeno de pacientes e com seguimento muito curto. 

Após 1 ano o número de publicações sobre terapia celular em diabetes aumentou exponencialmente, sendo obviamente a maioria dos estudos realizados em animais ou in vitro.

A China tem se destacado pelo grande número de pacientes incluídos em pesquisas clínicas com células-tronco. Minha sugestão de leitura é um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Qingdao, China que avaliou o efeito da infusão autóloga de células-tronco mononucleares da medula óssea em pacientes diabéticos tipo 2.

Quando se fala de infusão de células-tronco mononucleares da medula óssea isto quer dizer que são infundidas células-tronco mesenquimais, hematopoéticas e endoteliais. Estas células foram infundidas diretamente no pâncreas via cateterismo de artéria femoral.

Algumas características que tornam estas células interessantes no tratamento do DM2 são:

  • Possibilidade ainda não totalmente comprovada de regeneração de células beta;
  • Propriedades imunomoduladoras e anti-inflamatórias;
  • Formação de novos vasos.

Neste estudo chinês de Qingdao foram incluídos 118 pacientes com DM2 seguidos por 3 anos. Trata-se de um estudo aberto e os pacientes foram randomizados para transplante versus tratamento clínico convencional. 
Dos 56 pacientes que receberam a terapia celular, 18 suspenderam o uso de insulina e 19 reduziram sua dosagem em mais de 50%. Em paralelo, a secreção endógena de insulina se elevou neste período. 

VOLTAR

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes