Estudo ORIGIN é apresentado no ADA.


Dr. João Eduardo
Professor Assistente da Disciplina de Endocrinologia
Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Coordenador do Departamento de diabetes no idoso da SBD

O Estudo ORIGIN (Outcome Reduction with an Initial Glargine INtervention) foi desenhado em 2002, tendo seu primeiro paciente aleatorizado em 2003 e o último em 2005. Foram 12.527 pacientes seguidos até dezembro de 2011. O objetivo do estudo ORIGIN era responder à seguinte pergunta: Os pacientes de alto risco para doença cardiovascular (DCV) com mais de 50 anos, portadores de diabetes tipo 2, diagnosticados até 1 ano ou poratdores de disglicemia (GJA ou TGD), se beneficiariam na redução de desfechos cardiovasculares com uso precoce de insulina, atingindo-se glicemia de 95mg/dl no jejum, comparando-se ao tratamento convencional (metformina e/ou sulfoniluréia)? Em outro braço, este duplo cego, os pacientes recebiam placebo ou Omega 3, na dose de 1 grama dia, com o mesmo propósito de desfecho.

Os resultados que foram apresentados hoje no American Diabetes Association 72nd Scientific Sessions, Philadelphia, mostraram que não houve nenhuma diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos, Insulina Glargina e tratamento convencional. Também nenhuma diferença estatisticamente significativa houve, entre os pacientes do grupo Omega 3 e placebo.

Outro achado do estudo foi que no acompanhamento de 8 anos em média, os pacientes do grupo Glargina, não apresentaram maior incidencia de Câncer, de varios sítios, inclusive de mama.

As publicações estarão disponíveis em www.nejm.org e todos os resultados em www.origintrail.org.
Vamos agora estudar estas publicações para que possamos tirar nossas conclusões deste importante estudo.

VOLTAR

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes