ADA 2010 - Hipoglicemia na População Pediátrica


Dr. Mauro Scharf
Coordenador do Departamento de Diabetes no Jovem da SBD
Diretor do Centro de Diabetes Curitiba.

A Hipoglicemia ainda é a maior barreira para o atingimento dos alvos e metas determinados para o bom controle do diabetes, afirmou Timoty Jones - MD no simpósio "A1C Targets in Pediatric Diabetes", ocorrido no sábado no ADA.
Ele trouxe evidências de que o medo da hipoglicemia leva a família a alimentar a criança com maior frequência e quantidade. Isso justifica um aumento médio de 0,8% da A1C de crianças que já sofreram uma hipoglicemia grave e são hiperalimentadas versus crianças que não experimentaram hipoglicemia severa.  

O Sono e o exercício foram os fatores causais mais frequentes. Em uma grande revisão da incidência das hipoglicemias, elas ocorreram em 55% das vezes durante o sono (Doris et al, Ciabetes Care,2007). Outro estudo apresentado, publicado no Diabetes Care 33, 1004-1008; 2010, o uso contínuo do CGMS em um grupo de crianças diabéticas, evidenciou 8,5% das noites com glicemias medidas por pelo menos duas vezes abaixo de 60 mg/dL.  

Uma análise das causas mais comuns da hipoglicemia noturna, o excesso de insulina, o defeito na secreção dos contra reguladores e o aumento do consumo de glicose noturna gerado pelo excesso de atividade física diurna e consequente elevação da taxa metabólica basal, formaram o grupo das principais causadoras de hipoglicemia durante o sono. A prevalência das crianças com hipoglicemia não reconhecida é grande e pode ultrapassar 28%, afirmou Timoty. 

Em seis meses de uso do CGMS, ele demonstrou uma redução de 20 para 5% do número de hipoglicemias em adultos, que foi sustentado e chegou ao final do sexto mês em 10%, uma redução pela metade do número inicial de hipoglicemias antes do uso da monetarização contínua. 

A hipoglicemia não reconhecida, a presença de hipoglicemias recentes e a redução acentuada da HA1C são fatores de risco para Hipoglicemia severa e uma atenção especial para o período do sono, na prática de atividade física que são essenciais para o combate das Hipoglicemias graves nas crianças diabéticas, concluiu. 

VOLTAR