ARTIGO COMENTADO: Artificial sweeteners induce glucose intolerance by altering the gut microbiota. Suez, J. et al.. Nature 2014. doi:10.1038/nature13793.

A escolha por aprofundar um pouco mais esse tema é devido a importância e a alta repercussão dos seus resultados nos meios de comunicação e entre os profissionais de saúde, sociedades científicas e consumidores de adoçantes. Nesse estudo os autores fizeram diversos experimentos por meio de uma metodologia bem delineada, a qual será abordada de maneira mais detalhada no texto abaixo.

Na literatura alguns estudos já mostraram benefícios do consumo dos adoçantes artificiais não calóricos (NAS) e a sua baixa indução da resposta glicêmica. No entanto, outros demonstraram associação entre o consumo destes com ganho de peso e risco para desenvolver diabetes tipo 2 (DM2). As interpretações são complicadas pelo fato de NAS serem tipicamente consumidos por indivíduos que já sofrem de manifestações da Síndrome Metabólica (SM), tais como intolerância à...

Os profissionais de saúde que lidam com diabetes sabem que estas pessoas terão que realizar muitas tarefas de autocuidado no seu cotidiano. De alguma forma, ter uma doença crônica representa um desafio para o resto da vida.

Quando se trata do diabetes, o medo das restrições alimentares e as dúvidas sobre o que pode e o que não pode comer são sensações desconfortáveis que grande parte destas pessoas experimenta.

De acordo com vários consensos nacionais e internacionais sobre alimentação e diabetes, estas pessoas devem seguir um programa de alimentação saudável como a população em geral. O problema é que o conceito de alimentação saudável infelizmente ainda é pouco conhecido pela população em geral e até mesmo entre os profissionais de saúde. Estes conceitos são relativamente novos e vem ocupando espaço importante dentro das diretrizes internacionais relacionadas à prevenção e controle das doenças crônicas.

Dessa forma, no quadro abaixo, se resumem...

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes