Tudo que os profissionais da saúde deveriam reforçar sobre alimentação saudável


Dra. Maria Aparecida B. do Nascimento
Nutricionista da Secretaria de Saúde do DF
Mestre em Nutrição pela UnB
Nutricionista Membro do Departamento de Nutrição da SBD 2014/2016

Os profissionais de saúde que lidam com diabetes sabem que estas pessoas terão que realizar muitas tarefas de autocuidado no seu cotidiano. De alguma forma, ter uma doença crônica representa um desafio para o resto da vida.

Quando se trata do diabetes, o medo das restrições alimentares e as dúvidas sobre o que pode e o que não pode comer são sensações desconfortáveis que grande parte destas pessoas experimenta.

De acordo com vários consensos nacionais e internacionais sobre alimentação e diabetes, estas pessoas devem seguir um programa de alimentação saudável como a população em geral. O problema é que o conceito de alimentação saudável infelizmente ainda é pouco conhecido pela população em geral e até mesmo entre os profissionais de saúde. Estes conceitos são relativamente novos e vem ocupando espaço importante dentro das diretrizes internacionais relacionadas à prevenção e controle das doenças crônicas.

Dessa forma, no quadro abaixo, se resumem as orientações básicas sobre alimentação saudável, que atendem também as necessidades das pessoas com diabetes:

RESUMINDO:

A alimentação saudável consiste no consumo de grande variedade de alimentos de origem vegetal como os grãos, verduras, legumes, tubérculos, frutas, castanhas, cogumelos, ovos, carnes, peixes, laticínios e água!

Fontes:
1 - MINISTERIO DA SAÚDE. Guia Alimentar para a População Brasileira, 2005.
2 - AMERICAN DIABETES ASSOCIATION, Nutrition Therapy for Diabetes.2nd ed. 2012.
3 - DIRETRIZES DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES, 2013-2014.

VOLTAR