Associação entre o consumo de produtos lácteos e risco de diabetes.


Dra Silvia Ramos
Nutricionista
Doutora em Ciências- UNIFESP,
Membro do Departamento de Nutrição SBD 2012/2017
Nutricionista do Grupo de Educação e Controle de Diabetes - GECD HRIM/UNIFESP
Diretora do Grupo Insira Educacional

Este estudo teve como objetivo estabelecer a relação entre o consumo diário de leite e derivados com o risco de DM2 em uma população asiática. Trata-se de um estudo caso controle, sendo 178 casos de DM2 e 520 controles pareados participantes do estudo de lipídes e glicose Teerã. Como resultados observou-se risco 27% menor em indivíduos que consumiram 100g/dia equivalente à 97,7 mL (IC 95%:0,52 – 1,02).

O consumo de leite foi inversamente associado com o diabetes após ajuste para fatores de confusão. O consumo de leite foi associado à diminuição do risco de DM2 em homens, mas o mesmo não foi observado em mulheres. A cada 100g ou 97,7 mL no aumento na ingestão de leite correspondeu à 41% de redução do risco para DM2 já com todas as variáveis ajustadas (IC 95%: 0,39 – 0,89).

Em conclusão, não há associação significativa entre diabetes e ingestão diária de produtos lácteos no presente estudo. No entanto, o alto consumo de leite pode reduzir o risco de DM2 entre os homens.

Fonte: Associations between dairy products consumption and risk of type 2 diabetes: Tehran lipid and glucose study .Nazanin Moslehi, Sakineh Shab-Bidar, Parvin Mirmiran, Mahbubeh Sadeghi, and FereidounAzizi

http://informahealthcare.com/doi/abs/10.3109/09637486.2015.1034249?journalCode=ijf

VOLTAR