A Associação Botucatuense de Assistência ao Diabético (ABAD) promove concurso fotográfico para pessoas com diabetes, tendo em vista que o paciente diabético muitas vezes apresenta uma prejudicial negação de sua condição, com sensação de revolta frente ao diabetes. Outros se adaptam bem. Muitos não sabem verbalizar suas sensações. A ideia do Concurso é que o paciente diabético consiga manifestar de forma artística sua relação com esta doença.

Sendo assim, lançamos o Concurso "DIABETES E VOCÊ: UM OLHAR ARTÍSTICO SOBRE O DIABETES". As pessoas poderão enviar fotos através do Instagram @abadbotucatu mencionando a hashtag #abadevocê – ou do e-mail para a ABAD: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Existem cerca de 12 milhões de brasileiros diabéticos, segundo ao IDF - International Diabetes Federation (Atlas Diabetes – 6th Edition), e o Brasil se encontra na quarta colocação em número de diabéticos no mundo, perdendo somente para a China, Índia e EUA. O diabetes é um sério problema de saúde pública em todo o mundo e mesmo com o surgimento de novas tecnologias, como o pâncreas artificial, medidores de glicose que não precisam de picadas, insulina inalada, que dispensa o uso de agulha, sem Educação (conhecimento), o tratamento fica comprometido, podendo levar ao surgimento das comorbidades inerentes do descontrole glicêmico como: retinopatia, neuropatia, nefropatia, doenças cardiovasculares, amputação e disfunção erétil.

“Diabetes com Educação é Diabetes sem Complicação”

O tratamento do Diabetes requer uma equipe multidisciplinar constituída por médico, nutricionista, Educador físico, psicologo, enfermeiro e também o farmacêutico, pois este profissional esta apto para fazer muito mais do que simplesmente dispensar medicamentos.

...

Os pacientes com Doença Arterial Periférica (DAP) têm, sabidamente, uma má qualidade de vida, mais doença cardiovascular e mortalidade prematura, além da inerente dificuldade para cicatrização diante da presença de uma úlcera do pé diabético (UPD) e chance maior de amputação. Diante de DAP, é importante considerar quais testes devem ser utilizados para avaliação, visando-se determinar a chance de cicatrização, na presença de uma UPD.

No estudo Eurodiale, com 1.229 pacientes em 14 centros europeus, verificou-se- que a presença de DAP versus ausência de DAP desfavoreceu a cicatrização  (69% vs. 84%), o mesmo sendo observado em relação à amputação (8% vs. 2%), respectivamente. O perfil com pior prognóstico de cicatrização foi: sexo masculino, insuficiência renal terminal, não-deambulação, UPD de grande área.

A publicação da mais recente revisão sobre Peripheral Arterial Disease (DAP), do International Working Group on the Diabetic Foot (IWGDF, Grupo de Trabalho Internacional sobre Pé Diabético), ocorreu em...

Relevância da programação materna na etiologia do Diabetes tipo 2.

A incidência de obesidade e diabetes mellitus tipo 2 (DMT2) têm aumentado em todo o mundo. Durante as últimas décadas, estas patologias atingiram um nível alarmante, principalmente entre as crianças. As mulheres estão, atualmente, mais propensas do que nunca a entrar na gestação com indicadores de obesidade. Como consequência, verifica-se uma elevação na taxa de incidência de diabetes mellitus gestacional.

 Essas prevalências representam uma séria situação de saúde pública, visto que o diabetes é uma doença sistêmica que afeta todos os órgãos, além de predispor os indivíduos a complicações graves. Além da epidemia de obesidade adulta, de 1990 a 2010, a incidência mundial de obesidade infantil aumentou de 4,2% para 6,7% sendo responsável por cerca de 43 milhões de crianças Este número deverá aumentar para cerca de 60 milhões de crianças até o ano de 2020, se a atual tendência...

Artigo comentado: Easy and flexible carbohydrate counting sliding scale reduces blood glucose of hospitalized diabetic patient in safety. Diabetes Research and Clinical Practice 2011; 93 (3) 404 – 409.

O artigo intitulado: “Escala simples e flexível de contagem de carboidratos reduz, com segurança, a glicemia de pacientes diabéticos hospitalizados” foi publicado no periódico Diabetes Research and Clinical Practice por Masakazu Hirose e colaboradores. O artigo propõe uma escala que combina contagem de carboidratos, de acordo com a razão insulina: carboidratos, e uma adaptação da escala convencional de correção de hiperglicemias, comumente utilizada no ambiente hospitalar, para simplificar os ajustes insulínicos. Os pesquisadores questionam a efetividade dessa escala convencional, representada na Figura 1, sobretudo para pacientes hospitalizados, em pós-operatórios e em Unidades de Terapia Intensiva, que necessitam de um estrito controle glicêmico. Nesta escala as doses de insulina não são ajustadas de acordo com o consumo alimentar.

Figura 1 – Escala...

Na sociedade moderna, não é surpreendente que ocorra o desenvolvimento e/ou progressão de uma grande variedade de doenças advindas do desalinhamento nos ritmos naturais (com base no dia de 24 horas) incluindo doenças inflamatórias e metabólicas.

O relógio circadiano é um mecanismo que tem como principal função sincronizar o sistema endógeno em um período de 24 horas. Os ritmos circadianos são uma característica crítica e proeminente das células, tecidos e órgãos, que auxiliam o organismo a executar suas funções com mais eficiência. Além disso, os ritmos circadianos controlam uma variedade de processos biológicos, incluindo: ciclo do sono, temperatura corporal, secreção hormonal, função intestinal, homeostase da glicose e função imunológica (1).

O ritmo biológico é regulado pelo núcleo supraquiasmático (NSQ), localizado no hipotálamo. O NSQ é regulado por estímulos de células ganglionares da retina e é por este mecanismo que direciona os aspectos fisiológicos das fases clara e escura do ciclo....

Este estudo teve como objetivo estabelecer a relação entre o consumo diário de leite e derivados com o risco de DM2 em uma população asiática. Trata-se de um estudo caso controle, sendo 178 casos de DM2 e 520 controles pareados participantes do estudo de lipídes e glicose Teerã. Como resultados observou-se risco 27% menor em indivíduos que consumiram 100g/dia equivalente à 97,7 mL (IC 95%:0,52 – 1,02).

O consumo de leite foi inversamente associado com o diabetes após ajuste para fatores de confusão. O consumo de leite foi associado à diminuição do risco de DM2 em homens, mas o mesmo não foi observado em mulheres. A cada 100g ou 97,7 mL no aumento na ingestão de leite correspondeu à 41% de redução do risco para DM2 já com todas as variáveis ajustadas (IC 95%: 0,39 – 0,89).

Em conclusão, não há associação significativa entre diabetes e ingestão diária de produtos...

Nas últimas décadas, evidências têm se acumulado de que o peptídeo-C, diferente do que se pensava, tem sim efeito fisiológico. No presente artigo serão discutidos os dados compilados em uma recém-publicada revisão sobre o tema.1 Como não poderia deixar de ser, os autores da revisão começam o texto com informações sobre a descoberta dessa molécula, em 1967, e dão prosseguimento revelando resultados de estudos que não identificaram inicialmente que ela tinha ação biológica. Sabendo-se, então, que o peptídeo-C faz parte da molécula de pró-insulina, que, ao ser clivada, dá origem a esse peptídeo e à insulina, ambos armazenados e secretados juntos nas células-beta pancreáticas, entendeu-se que seria apenas um resíduo resultante da formação da insulina.

Com isso, a dosagem de peptídeo-C consagrou-se como forma indireta para detectar e quantificar a produção de insulina. Conforme observado em pesquisa, no próprio site da SBD pelo termo “peptídeo-C“, a maioria dos autores citam...

A chegada da menopausa é uma fase que gera muitas dúvidas para as mulheres. Algumas vezes os sintomas se iniciam anos antes, período chamado de perimenopausa ou permanecem por cerca de 3 anos após a parada da menstruação. O fato é que de qualquer forma a menopausa incomoda a grande maioria das mulheres, seja por conta de sintomas físicos como os fogachos (o “calorão”) ou sintomas psíquicos como perda de motivação no trabalho ou na vida sexual.

Além disso, é sabido que a menopausa é uma fase de transição. A parada da produção dos hormônios femininos e o consequente término dos ciclos menstruais vão alterar a condição física da mulher, que deverá se adaptar a esta nova fase da vida. E, para a mulher com diagnóstico de diabetes, alguns cuidados são importantes nesta mudança.

Seja diabética tipo 1 ou 2, a preocupação na fase da menopausa deve começar com o...

O efeito do controle glicêmico intensivo sobre os desfechos renais mais importantes em pacientes com diabetes tipo 2 (DM2) ainda não está bem esclarecido. Para a avaliação dessa pendência, o estudo ADVANCE incluiu randomicamente 11.140 participantes divididos em dois grupos: o primeiro tratado com uma estratégia intensiva de redução da glicemia (meta de A1C ≤6,5%) e o segundo seguiu apenas o controle padrão da glicemia.

Os efeitos dos tratamentos mencionados sobre a doença renal em estágio final (incluindo necessidade de diálise ou de transplante renal) incluíram os seguintes parâmetros: total de eventos renais, morte renal, duplicação dos níveis de creatinina, macro ou microalbuminúria de início recente e progressão ou regressão da albuminúria.

Após um seguimento mediano de cinco anos, a A1C média foi de 6,5% no grupo intensivo e de 7,3% no grupo de tratamento padrão. O controle glicêmico intensivo reduziu significativamente o risco de doença renal em estágio final...

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes