A doença já é a sétima causa de morte nos Estados Unidos. E o que mais preocupa é que a sua incidência continua aumentando, e muito.

Vem dobrando a cada 5 anos, sem que a ciência descubra alguma medida que seja capaz de, pelo menos, estacionar este crescimento. Cada indivíduo tem cerca de 15% de probabilidade, em uma fase da vida, de apresentar os sintomas da enfermidade Alzheimer. Caso você consiga se tornar um octagenário, a sua chance de ser portador da doença irá variar entre 30% a 50%.

Nós sabemos quais os fatores que predispõem o aparecimento mais precoce da outra forma da demência, a Arteriosclerose Cerebral. Idade avançada, Hipertensão Arterial, fumo, Diabetes Mellitus, elevação das gorduras sanguíneas, estão entre eles. Quanto às condições que contribuem para o surgimento da doença de Alzheimer, o nosso conhecimento é bem menor.

Os idosos, as mulheres, os indivíduos com menor nível de...

É do conhecimento público, desde há muito, dos maléficos que a obesidade acarreta praticamente sobre todas as doenças. As doenças do coração são talvez, as que mais influências negativas recebam do excesso de peso.

Praticamente todos os fatores de risco, para cardiopatia, são mais frequentemente existentes nos que têm uma quantidade de gordura excessiva.

Hipertensão Arterial, Diabetes Mellitus, elevação das gorduras sanguíneas, sedentariedade, etc, são muito mais freqüentes na população mais pesada.

Por conta disso, de maneira inquestionável as doenças cardiovasculares são freqüentes, mais precoces e graves naqueles que apresentam excesso de peso.

A novidade é que uma pesquisa realizada por um cientista americano, Carl J. Lavie, que sugere quando as doenças cardiovasculares já existem, e se os doentes forem adequadamente tratados, os que têm excesso ponderal têm uma melhor evolução dos que têm peso normal. Essa afirmação foi publicada, no mês  passado, na revista oficial da Sociedade Americana de Cardiologia.

Como explicar tão paradoxal achado?...

A conhecimento das populações sobre as descobertas das pesquisas médicas tem aspectos muito positivos. Em razão disso, milhões de pessoas lutam contra o excesso de peso, procuram se exercitar, bebem com moderação, usam dieta rica em fibras etc. Ou seja, por terem sido informados dos benefícios destes procedimentos adotam hábitos saudáveis.
No entanto, a comunicação dos resultados de pesquisas, feita pela mídia para a população, também apresenta problemas. Um dos principais é a contradição. Durante algum tempo foi aconselhado a substituição da manteiga pela margarina. Posteriormente, no entanto, se demonstrou o contrário, a margarina favorece mais a arteriosclerose. 

O ovo e os crustáceos, por serem muito ricos em colesterol, deveriam serem banidos da dieta, dos que tinham aquela elevada gordura no sangue. 

Hoje, sabemos que o teor de colesterol dos alimentos, tem pouca ou nenhuma importância nos níveis do colesterol sanguineo. Afinal, o fígado coloca no intestino, através da biles, o equivalente...

O câncer de mama é o segundo mais comum da espécie humana. A sua prevalência só é menor do que o da próstata. Nos Estados Unidos, uma em cada nove mulheres, no decorrer de suas vidas, vai ser diagnosticada como portadora da doença. No Brasil, a probabilidade é semelhante: uma em cada 12.

Felizmente, graças aos recursos terapêuticos atuais, a maioria delas consegue ser curada. Porém, o câncer de mama ainda é uma importante causa da mortalidade. No nosso país, cerca de 6 mil mortes por ano. Além disso, a doença continua aumentando e as nossas autoridades de saúde esperam que serão diagnosticados 49 mil novos casos, só neste ano, no Brasil. A doença é, tradicionalmente, mais prevalente nos países desenvolvidos.

No entanto, enquanto que os números se mantêm estáveis no primeiro mundo, tem ocorrido um aumento preocupante nos países sub e em desenvolvimento. Nos Estados Unidos, se conseguiu, inclusive,...

A obesidade é definida como decorrente de uma ingesta calórica superior às necessidades. Este excesso é então armazenado como gordura. Alguns obesos consomem alimentos, principalmente os mais calóricos, de forma exagerada. Porém outros, muitos outros, aumentam de peso ingerindo alimentos de maneira semelhante a indivíduos de peso normal. Nestes casos, obviamente, o problema estaria nos gastos. Estas pessoas gastariam menos calorias. A medicina tem tentado, sem muito sucesso, descobrir como isto ocorre.

O metabolismo basal, o nosso maior gasto calórico, é a energia nescessária para fazer o nosso organismo funcionar. O coração, como por exemplo, consome energia continuamente para poder realizar as suas funções. No metabolismo basal, os gordos, surpreendentemente, gastam mais calorias do que os indivíduos de peso normal.

O segundo gasto calórico é representado pelas atividades físicas que varia de acordo com quem as pratica, mais ou menos. Também este tipo de gastos não parece ser a causa...

No ano passado, em uma decisão por 5 a 4, a Suprema Corte Americana praticamente extinguiu as penalidades que os proprietários das armas poderiam sofrer. Decisão esta, que, no mínimo, deve ser considerada infeliz. Qualquer americano, sem passado criminal, pode adquirir armas. Não bastasse ser com elas que os assassinatos e as chacinas são cometidas, é também com armas que a maior parte dos suicídios é realizada.

Em 2005, 46 americanos tentaram se suicidar, a cada dia, e os números não param de crescer. Não só são mais frequentes os atos praticados com as armas, mas também têm muito maior probabilidade de serem fatais. Quanto mais armamento, maior o número de suicídios.

Vários estudos demonstraram isso. Nos estados americanos em que o número de casas onde existem armas é menor, a frequência desse tipo de acontecimento, para uma mesma população, é pelo menos três vezes reduzida.

Um indivíduo psicótico com depressão grave tem de 3 a...

É sabido da grande ineficiência do sistema de saúde americano. A principal falha é a inexistência da cobertura de assistência médica, exceto para urgências, de mais de 40 milhões de cidadãos. Isso apesar de gastos monumentais e crescentes. Os Estados Unidos é o país que mais gasta em saúde no mundo.A modificação do atual sistema tem sido motivo de discussão desde há muitos anos. Durante o primeiro ano de governo Clinton, a sua esposa Hillary foi líder de um movimento de mudanças, visando, principalmente, um sistema em que todos tivessem direito a serviços de saúde.A sua luta, no entanto, só durou um ano. A reação dos beneficiários da situação atual foi uma campanha milionária contra. Resultado: o Congresso Americano não aprovou. Uma das principais promessas de Barak Obama, durante a sua campanha eleitoral, foi garantir um sistema que desse cobertura a todos os americanos.

Tsunami 

A eleição foi ganha, mas...

Esta conclusão foi resultado de uma pesquisa recente, realizada por um departamento de saúde americano (Nacional Heart Lung and Blood Institute). O trabalho tem a abreviatura de MESA (Multi-Ethnic Study of Atherosclerosis) e avaliou os fatores que contribuem para o surgimento das duas condições que mais predispõem para a arteriosclerose: Síndrome Metabólica e o Diabetes Mellitus, entre americanos de diversas etnias.

São considerados portadores da Síndrome, aqueles indivíduos que apresentem três ou mais das seguintes alterações: aumento da circunferência abdominal, elevação na pressão arterial, glicose de jejum alterada, aumento do triglicerídeos e diminuição do bom colesterol (HDL). Diabéticos são aqueles em que a glicose sanguínea em jejum seja igual ou superior a 126 mg/dl. Dentre as diversas condições analisadas, o consumo de refrigerante adoçado com adoçantes artificiais foi uma delas.

Os indivíduos foram divididos em dois grupos:

  1. Os usuários que ingeriam a bebida pelo menos uma vez por dia.

  2. Os...

Um paradoxo atual da sociedade moderna é que, se por um lado, mais pessoas têm excesso de peso, cada vez mais se idolatra a magreza. A título de piada, se diz que as mulheres, hoje, preferem a magreza a qualquer outra coisa: é melhor ser magra do que ter uma boa altura, do que ser inteligente e culta, do que ser famosa, do que ser rica ou saudável, do que ser bonita e até do que ser feliz. Talvez a única qualidade que as mulheres achem mais importante do que ser magra é não ter celulite.

É essa busca desenfreada do baixo peso, a qualquer custo, tem acarretado um aumento da incidência de uma doença grave, Anorexia Nervosa. Nas estatísticas americanas, 0,5 a 1% das mulheres, são acometidas por este problema.

No Brasil, não conheço os números. Mas, seguramente e felizmente, são menores. A doença é tão grave que pode, inclusive,...

A infecção causada pelo vírus Influenza, a gripe, ainda é um grande problema de saúde pública em todo o mundo. Nos anos em que a epidemia acomete um maior número de pessoas entre 60 a 90 crianças, em cada 100, é acometida pela virose.

O número de hospitalizações nos Estados Unidos, por conta da doença, é de cerca de 400 mil por ano.

Os gastos dispendidos naquele país, para o tratamento da infecção, são em torno de U$ 10 bilhões, e as repercussões econômicas, causadas principalmente pela ausência ao trabalho, atingem cerca de 87 bilhões de dólares/ano.

Como este tipo de infecção é quase sempre mais grave nos idosos, cerca de dois terços das hospitalizações são desse grupo etário. A vacinação foi, inicialmente, apenas recomendada para eles. A população vacinada deste grupo aumentou substancialmente entre 1989 e 1997, no entanto a diminuição das repercussões negativas que a doença causa a saúde publica foi...

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes