Desde 2012 a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu regras para os rótulos de alguns dos produtos industrializados, as quais passaram a valer para os produtos produzidos a partir de janeiro de 2014. Essas regras são fundamentais para a padronização dos rótulos e correta informação sobre os alimentos para o consumidor. Ademais, essas regras têm por objetivo se adequar as recomendações do Mercosul.

A principal mudança, sobretudo para as pessoas com Diabetes, foi em relação aos produtos Lights. Agora a denominação light se refere a uma redução de no mínimo 25% de CALORIAS ou de ALGUM NUTRIENTE, que pode ser açúcar (sacarose), gordura total ou trans, sal (sódio). Além disso, não será considerado o uso da denominação “Light” para produtos que possuem a condição de “produto Light” devido a baixa concentração do nutriente encontrada naturalmente no produto. A característica que o define como light é possuir um benefício adicional...

 Embora pareça prático consumir o suco em vez da fruta como fonte de vitaminas e minerais, essa troca pode não ser adequada quando diz respeito a todos os aspectos nutricionais. Recentemente foi publicado um estudo na Revista "British Medical Journal", realizado com uma amostra de 187.382 americanos para investigar se o consumo de frutas e do suco de frutas se associavam ao risco de desenvolver Diabetes tipo 2. Foi verificado que maior consumo da fruta in natura, sobretudo as “berries” (frutas vermelhas), uvas, maçãs e bananas, associou-se significativamente com um risco reduzido de diabetes tipo 2. Em contra partida, o maior consumo de suco de frutas foi associado com um risco aumentado de ter a doença.

Os autores do artigo relatam diversas limitações no estudo e recomendam não extrapolar os resultados para outras populações, entretanto é importante enfatizar que as frutas in natura possuem aspectos nutricionais adicionais em relação ao...

Diversos estudos já demonstraram o benefício da dieta mediterrânea no combate dos eventos cardiovasculares. A dieta mediterrânea tradicional é caracterizada por um alto consumo de azeite de oliva, frutas, óleo, nozes, legumes e cereais, associada ao uso moderado de peixes, aves e vinho nas refeições, contrapondo com uma baixa ingestão de produtos lácteos, carne vermelha e carnes processadas.

Recentemente foi publicado um estudo multicêntrico com indivíduos com idades de 55 a 80 anos, sem doença cardiovascular, mas que apresentavam  risco, tal como Diabetes Mellitus ou pelo menos três fatores de risco: tabagismo, hipertensão, níveis alto de colesterol e alterações nas lipoproteínas,  excesso de peso ou obesidade, ou história familiar de doença coronária prematura.

A amostra foi randomizada para testar a eficácia de dois tipos de dietas do mediterrâneo quando comparadas a dieta controle, com baixo teor de gordura. Os participantes das duas dietas do mediterrâneo receberam respectivamente azeite extra virgem ...

 A publicidade de alimentos não saudáveis contribui muito para a formação de maus hábitos alimentares. Verifica-se que de cada 10 alimentos anunciados no Brasil, 7 são guloseimas e comidas industrializadas. No dia 12/12/2012, ocorreu ato público pela imediata regulação da publicidade infantil com a aprovação do PL nº 5.921/2001, com 11 anos de tramitação na Câmara.

Outros dois projetos foram aprovados recentemente na Assembleia Legislativa Paulista (Alesp) e aguardam a sanção do governador. Esses Projetos restringem a publicidade de alimentos a crianças e proíbem a venda de lanches com brindes ou brinquedos. Se aprovadas, as leis devem atingir principalmente propagandas e promoções de redes de fast food que vendem combinados de hambúrgueres e refrigerantes acompanhados de brinquedos. Um dos projetos impede também o uso de personagens e celebridades infantis na propaganda e restringe os horários para propaganda no rádio e na TV de alimentos e bebidas pobres em nutrientes, com...

Pagina 1 de 2

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes