Dr. Banting: considerado um fracassado, foi o descobridor da insulina


Dr. Augusto Pimazoni Netto
Coordenador do Grupo de Educação e Controle do Diabetes do Hospital do Rim – Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Em interessante artigo, publicado na newsletter Insulin In Nation, de 16 de julho último, a Dra. Claresa Levetan resumiu os desafios e os obstáculos enfrentados pelo Dr. Frederick Banting em sua dedicação suprema para chegar até o descobrimento da insulina. 

Ele vendeu tudo o que tinha, inclusive o seu velho carro Ford para continuar financiando suas pesquisas.

Inicialmente, o Dr. Banting recebeu treinamento como cirurgião, com um interesse especial em ortopedia. O Sick Children’s Hospital, de Toronto, não o aceitou  como residente e ele partiu, então, para sua atividade médica em consultório, sofrendo mais um revés: durante o primeiro mês de funcionamento, atendeu apenas a um paciente, razão pela qual desistiu da medicina clínica e acabou se colocando como um professor assistente de fisiologia na University of Western Ontario.

Em outubro de 1920, o Dr. Banting estava preparando uma aula sobre diabetes e encontrou na literatura uma informação interessante segundo a qual a obstrução do duto pancreático poderia levar à regeneração do tecido pancreático comprometido. Assim, as células das ilhotas permanecentes após a oclusão secretariam o hormônio diretamente para a corrente sanguínea, a qual, potencialmente, tinha um poder de controle sobre o metabolismo da glicose. Este foi o ponto de partida para a sequência de eventos que terminou na descoberta da insulina.

O Dr. Banting foi ridicularizado e sofreu discriminação de caráter político e de muita intriga. Sua pesquisa foi bastante ridicularizada e o chefe do departamento lhe comunicou que suas experiências sobre insulina não tinham sido bem sucedidas. Essa decisão fez com que ele buscasse apoio financeiro para continuar com sua pesquisa. Finalmente, no dia 11 de janeiro de 1922, o adolescente Leonard Thompson, de 13 anos, estava à beira da morte até que a conduta de Banting como que “caiu do céu” e promoveu a recuperação do paciente. Entretanto, o próprio Dr. Banting sempre insistiu que a insulina era apenas um tratamento e não uma cura para o diabetes.

A história do Dr. Banting nos ensina que nossos caminhos podem nos levar para longe daquilo que tínhamos planejado para nossas vidas. Porém, é somente com esse espírito de dedicação e persistência que poderemos um dia contribuir para grandes inovações.

Referência bibliográfica: Levetan C. Dr. Banting: Called a Failure, Discovers Insulin. Publicado online em 16 de julho de 2014.

 

Conte sua História
Nome
Obrigatório
Email
Obrigatório
Telefone
Mensagem
Obrigatório


Entrada Inválida

VOLTAR

Outras histórias

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes