Em nova edição da Coluna Verdadeiro ou Falso, SBD esclarece eficácia de controle de peso e glicemia por meio do jejum intermitente

A prática do jejum intermitente é amplamente conhecida em diferentes culturas, como forma de reverenciar o sagrado ou promover a manutenção da saúde. Com o tempo, essa dieta foi aprimorada e destinada ao controle de peso. Hoje, é possível utilizá-la também para prevenção e tratamento do diabetes, de modo seguro, desde que respeitadas as orientações médicas e nutricionais.

Segundo a nutricionista e Membro do Departamento de Nutrição da SBD, Leticia Fuganti Campos, a literatura médica diverge sobre a efetividade do jejum intermitente. Ainda assim, é possível concluir que a prática seja uma ferramenta eficaz para perda de peso. Porém, não pode ser considerada superior à restrição calórica contínua. “O profissional que optar por esta prática deve se basear nas individualidades de cada paciente para avaliar o benefício e possíveis riscos da utilização do jejum intermitente em substituição a outras modalidades convencionais de perda de peso”, afirma. Ela explica que ao evitar quadros de sobrepeso e obesidade, previne-se o surgimento do diabetes tipo 2.

Pacientes recém-diagnosticados ou com diabetes tipo 1 também podem realizar o jejum intermitente quando houver necessidade de perda de peso para estabilização de seu quadro de saúde – desde que acompanhados por profissionais de endocrinologia e nutrição. A hipoglicemia é o principal risco desse tipo de dieta, principalmente, em pessoas com diabetes tipo 1. Leticia ressalta que esse tipo de dieta não é indicada a pacientes com transtornos alimentares, gestantes e lactantes, crianças, idosos e imunodeprimidos.

Caso necessário, esse método para controle de peso deve ser seguido dos devidos ajustes na medicação prescrita, a fim de evitar hipoglicemia. “Além disso, é de fundamental importância a hidratação e o monitoramento frequente da glicemia, durante o jejum. Em caso de hipoglicemia, aconselha-se interrompê-lo”, conclui.

Você não tem permissão para enviar comentários