O diabetes é uma doença crônica que, atualmente, atinge de 14 a 16 milhões de brasileiros. Por ser uma doença crônica e sem cura, as pessoas com diabetes acabam se preocupando com um possível comprometimento do sistema imunológico, que poderia deixá-los mais suscetíveis a infecções. Mas, afinal, pessoas com diabetes realmente costumam ter a imunidade mais baixa?

“Apesar de não ser um vírus, o diabetes mellitus é uma doença que pode causar a redução da imunidade, assim como acontece com o HIV, o HPV, entre outros. Essa baixa ocorre não pela doença diabetes, mas pela hiperglicemia, ou seja, é a elevação da glicemia que pode comprometer o sistema imunológico, deixando-o mais suscetível às infecções oportunistas causadas por fungos”, afirma o Dr. Levimar Rocha, membro do departamento de DM1 da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) e presidente eleito da Sociedade.

De acordo o médico, para evitar esse quadro é preciso ter cuidado para não ocorrer a chamada variabilidade glicêmica - a glicose entra em um processo de descontrole e sobe, desce, sobe, desce. Esse movimento é muito ruim e produz substâncias capazes de comprometer a imunidade e, consequentemente, o organismo. “O ideal é manter o controle da glico-hemoglobina dentro do valor de referência (abaixo de 6,5%), bem como adotar alimentação saudável e atividade física regular”, orienta o Dr. Levimar Rocha.

Você não tem permissão para enviar comentários