O que acontece quando ficamos doentes e temos diabetes?

- Precisamos de mais energia para combater a doença.

- Nosso corpo reage liberando hormônios que dificultam a ação da insulina, produzida pelo corpo ou administrada no subcutâneo, e aumentam a produção de açúcar pelo fígado.

- Para quem tem diabetes essa elevação de hormônios pode levar ao aumento da glicemia (açúcar no sangue) e aumentar o risco de complicações agudas que conhecemos como cetoacidose diabética e coma hiperosmolar.

São Paulo, março de 2020. Em face da pandemia do Covid-19, o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Ministério da Saúde decidiram liberar e regulamentar o uso da telemedicina, em caráter excepcional, como forma de possibilitar o isolamento social, protegendo a saúde de pacientes e médicos. O assunto também é objeto de discussão no poder legislativo federal.

As notícias sobre a nova doença coronavírus — chamada COVID-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) — continuam a dominar as manchetes globais. Muitos americanos estão compreensivelmente preocupados.

Em 31 de janeiro de 2020, o secretário de Saúde e Serviços Humanos, Alex M. Azar II, declarou emergência de saúde pública (ERE) para os Estados Unidos ajudar a comunidade de saúde do país a responder ao COVID-19. Em 11 de março de 2020, a OMS caracterizou publicamente o COVID-19 como uma pandemia.

No dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde, declarou o surto causado pelo novo Coronavírus (SARS-CoV-2) como pandemia. Naquele momento, a infecção que se iniciou na China em dezembro de 2019, já acometia mais de 118 mil pessoas em 114 países diferentes, sendo responsável por cerca de 4 mil mortes ao redor do mundo.

O Brasil enfrentará semanas difíceis com a pandemia do coronavírus, o COVID-19. Muitas instituições já implementaram medidas para isolar socialmente a população, como suspensão de aulas, cancelamento de eventos, reuniões, festas, fechamento de parques/praias, com a finalidade de diminuir qualquer oportunidade de reunir muitas pessoas em um mesmo ambiente, sendo que a medida principal de contenção da transmissão do COVID-19, é ficar em casa (isolamento social).

Pagina 1 de 3