Metformina ligada ao menor risco de morte por COVID-19 em mulheres

Mulheres que tomam a metformina, amplamente utilizada em tratamento para diabetes, podem estar em menor risco para a COVID-19 fatal, de acordo com um estudo publicado, mas que ainda não foi revisado. Entre os mais de 6.200 adultos com diabetes ou obesidade e seguro que foram hospitalizados com COVID-19, houve menos óbitos entre mulheres que utilizavam metformina por 90 dias do que entre aquelas que não utilizavam o medicamento.

Após o ajuste para outros fatores de risco tiveram de 21% a 24% menos chances de morrer da doença. Essa observação não foi vista em homens. "Sabemos que a metformina tem efeitos diferentes entre homens e mulheres. No estudo de prevenção do diabetes, a metformina reduziu o PCR (Proteína C-reativa) duas vezes mais em mulheres do que em homens", disse à Reuters a coautora do estudo Carolyn Bramante, da Universidade de Minnesota. “A metformina também diminui os níveis de TNF-alfa, uma proteína de inflamação que parece piorar a COVID-19”, disse ela.

Estudos sugerem que a metformina pode reduzir os níveis de TNF-alfa em extensão maior nas mulheres do que nos homens, acrescentou. "O fato de termos visto o benefício apenas em mulheres, e o fato de que a metformina reduz o TNF-alfa em camundongos fêmeas, pode sugerir que os efeitos TNF-alfa da metformina são o motivo pelo qual ajuda na COVID-19", disse Bramante. Ensaios clínicos formais são necessários para confirmar as teorias levantadas por este estudo observacional. Metformina é um medicamento seguro, barato e amplamente disponível, tornando-o "um tratamento muito realista", se comprovado em ensaios maiores, acrescentou. (bit.ly/317D2yi)


Fonte: Metformin tied to lower risk of COVID-19 death in women - Carolyn Bramante University of Minnesota. Disponível em: HEALTH NEWS - JUNE 22, 2020

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes