Mutirão Contra Diabetes - Ribeirópolis -19/07/2014

As atividades foram desenvolvidas no dia 19/07/2014, das 8 às 12 horas na Clinica de saúde Dr. Djalma Francisco de Lima no Município de Ribeirópolis, Sergipe. A Cidade de Ribeirópolis, que tem cerca de 18000 habitantes, e  fica  situada a cerca de 75 Km de Aracaju, e foi  o palco desse Mutirão de Diabetes, com suas ações sendo Coordenadas pela Associação Sergipana de Proteção ao Diabético (ASPAD), entidade ligada à uma das suas apoiadoras Nacionais, a FENAD (Federação Nacional de Associações e Entidades de Diabetes), com o grande apoio da Prefeitura Municipal de Ribeirópolis, que tem à frente de suas atividades o Prefeito  João Francisco da Cunha.

A secretaria Municipal de Saúde de Ribeirópolis forneceu a infra-estrutura para a realização do evento,além de cerca de 25 voluntários originários do seu quadro funcional, sem os quais o trabalho dificilmente sairia a contento em sua plenitude,a organização local ficou a cargo do Secretário Jonas Mendonça Campos.

Foram distribuídos materiais educativos, Jornal do Diabético e Um livro para crianças Diabéticas,e os indivíduos que tiveram seus exames de glicemia capilar (dosagem de açúcar no sangue) alterados foram atendidos individualmente pelo Dr.Sotero e pela Dra.Adriana Araujo (Endocrinologistas),e também foram feitos exames de Fundo de olho pelo Dr.Gustavo Melo (Hospital de Olhos de Sergipe),na medida do possível, já que os exames alterados extrapolaram a expectativa da Equipe,orientados também individualmente do ponto de vista nutricional pela Dra.Cinthia Fontes, além do que  foram feitas aferições da Pressão arterial, cálculos de IMC (Índice de Massa Corpórea) e medidas de circunferência abdominal pelos alunos de fisioterapia,e Biomedicina da Universidade Tiradentes e os alunos de enfermagem da Universidade Federal de Sergipe.

Os exames de glicemia capilar foram feitos pelos estudantes de Biomedicina,que  contaram também com a colaboração dos estudantes de Enfermagem das duas Universidades (UFS e Tiradentes),que fizeram a aferição da Pressão Arterial, e dos estudantes de Fisioterapia que fizeram uma cuidadosa avaliação do pé do diabético, até então desconhecida da grande maioria do publico presente.

Foram utilizados na detecção monitores accu-chek do laboratório Roche,a grande importância desse trabalho é que os indivíduos que apresentaram exames alterados na dosagem de sangue capilar foram encaminhados para unidades de Saúde da Secretaria Municipal de Umbaúba,ou para os Serviços de Diabetes da cidade de Aracaju,ou então  para o Centro de Especialidades Médicas de Aracaju (CEMAR), na finalização do Mutirão foram encontrados os seguintes resultados:

Não Diabéticos com valores normais de glicemia: 69

Diabéticos com valores normais de Glicemia: 18

Não sabiam ser diabéticos com glicemias 100-150: 207

Diabéticos com glicemias100-200: 27

Não sabiam ser diabéticos com glicemias151-200: 9

Diabéticos com glicemias151-200: 30

Não sabiam ser diabéticos com glicemias201-250: 12

Diabéticos com glicemias201-250: 33

Diabéticos com glicemia251-300: 18

Diabéticos com glicemia301-350: 12

Diabéticos com glicemia351-400: 12

Diabéticos com glicemia>400: 12

Totalização: Exames realizados = 459. Exames alterados = 372 (81,05%).

O objetivo da Campanha que é realizado periodicamente durante todo o ano, é conscientizar a população sobre Diabetes, como evitar, diagnosticar e tratar.

Entidades

  • Sociedade Médica de Sergipe (SOMESE)
  • Universidade Tiradentes
  • Alunos do Curso de Enfermagem da Universidade Federal de Sergipe
  • Fundação São Lucas
  • Prefeitura Municipal de Umbaúba
  • Academia Sergipana de Medicina
  • Secretaria Municipal de Saúde de Ilha das Flores
  • SBD – Regional de Sergipe
  • SBEM – Regional Sergipe

VOLTAR