Perder 3% do peso ajuda a reduzir riscos de pressão alta e diabetes

Pesquisa explica que é melhor perder menos peso aos poucos. É preciso manter o novo peso, não pode voltar a engordar.

Médicos britânicos vão adotar um novo protocolo de orientação para os obesos: é melhor perder menos peso e aos poucos do que entrar no ritmo do "iô-iô" - do engorda, emagrece. Os pesquisadores concluíram que a meta de perda de peso estabelecida hoje para o obeso é praticamente impossível de ser alcançada pra muita gente.

O ideal ainda é que os obesos emagreçam, mas quem realmente não consegue, deve ao menos perder 3%. É pouco, afinal o que são 3 quilos para quem pesa 100? Segundo o Instituto Nacional de Saúde, o órgão que estabelece as diretrizes para atendimento médico na Grã-Bretanha, só isso já reduz os riscos de pressão alta, diabetes e alguns tipos de câncer.

Agora vem a parte difícil: tem que manter o novo peso, não pode voltar a engordar. Os pesquisadores dizem que o efeito sanfona ou iô-iô é muito pior para a saúde do que ser um pouco gordinho. Isso, porém, não deve servir de desculpa para fugir da dieta e da academia. É preciso bom senso.

Fonte: G1 Brasil

VOLTAR

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes