O Ministério Público Estadual abriu inquérito civil para apurar o suposto risco ao uso das tiras reagentes para verificação de glicemia em sangue total, adquiridas pela Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande em 2013. Segundo consta, o mencionado produto pode colocar em risco a saúde dos usuários do SUS do município. O nívle por porcentagem de erro pode ser de no máximo 5%, mas segundo o Ministério esse erro nas fitas usadas na Capital chega a 55%.

Segundo o Ministério Público, a classificação da amostra apresentada pela empresa vencedora do edital coloca em risco a saúde pública, deixando a administração municipal de atender ao interesse público.

Estas fitas não poderiam ser utilizadas também em exames de pessoas internadas, que precisam de medicação para controle de glicemia pontual, caso os valores medidos estejam alterados, o enfermeiro aplica medicação imediatamente, e que não pode ser feito se houver uma possibilidade de...

O novo mecanismo, uma espécie de bomba de insulina, consegue prever quando os níveis de açúcar se tornam perigosamente baixos e faz as funções do pâncreas: liberta insulina quando é necessária.

Um rapaz australiano de quatro anos foi o beneficiário do primeiro pâncreas artificial colocado em todo o mundo e que servirá para melhorar a vida dos diabéticos de todas as idades, noticiou hoje a imprensa local.

A cirurgia realizou-se quarta-feira no hospital Princess Margaret de Peth, capital do estado da Austrália Ocidental, segundo a estação de rádio ABC.

O doente sofre de diabetes de tipo 1 e corria o risco constante de hipoglicémia que pode causar convulsões, coma ou mesmo a morte.

O novo mecanismo, uma espécie de bomba de insulina, consegue prever quando os níveis de açúcar se tornam perigosamente baixos e irá fazer as funções do pâncreas, libertando insulina quando esta é necessária.

O pâncreas artificial é...

Homens com mais de 45 anos que nunca apresentaram problemas cardíacos, mas com disfunção erétil de moderada a grave, podem ser até oito vezes mais propensos a ter insuficiência cardíaca em comparação com aqueles que nunca apresentaram a disfunção.

Estudos comprovaram que a disfunção erétil eleva o risco de um homem sofrer alguma doença cardiovascular durante a vida, independentemente dele possuir histórico de problemas cardíacos. E, além disso, quanto mais grave essa disfunção, maiores as chances de hospitalização por problemas cardiovasculares ou de mortes por qualquer causa.dietas

Esta evidência é de um estudo da Universidade Nacional da Austrália, cujo resultado mostrou que homens com mais de 45 anos que nunca apresentaram problemas cardíacos, mas com disfunção erétil de moderada a grave, podem ser até oito vezes mais propensos a ter insuficiência cardíaca em comparação àqueles que não apresentam a disfunção.dietas

Segundo o urologista do HCor, Antonio Corrêa Lopes Neto, o estudo mostra...

A falta de exercício pode estar matando o dobro de pessoas se comparada à obesidade, sugere um estudo feito por 12 anos, que incluiu mais de 300 mil pessoas na Europa.

Pesquisadores da Universidade de Cambridge registraram cerca de 676 mil mortes por ano por inatividade, contra 337 mil por conta de excesso de peso.

Eles concluíram que pelo menos 20 minutos diários de caminhada rápida poderiam gerar benefícios substanciais.

Especialistas afirmam, ainda, que exercício físico é benéfico para pessoas de qualquer peso.

Obesidade e sedentarismo, muitas vezes andam de mãos dadas. No entanto, sabe-se que as pessoas mais magras têm um maior risco de problemas de saúde se forem inativas. E as pessoas obesas que se exercitam têm melhores condições de saúde do que pessoas inativas.

O estudo, publicado no American Journal of Clinical Nutrition, tenta trazer à tona os perigos da inatividade e da obesidade.

Inatividade mata

Os...

Remédio testado em ratos acelera perda de peso e promete redução de efeitos colaterais típicos dos emagrecedores

Um grupo de cientistas americanos desenvolveu uma pílula, testada até agora em ratos. O remédio “engana o corpo” ao fazer acreditar que consumiu calorias, levando-o a queimar gorduras, freando o aumento de peso, ajudando a reduzir o colesterol e controlando o açúcar no sangue.

“Esta pastilha é como uma comida imaginária”, explica Ronald Evans, diretor do Laboratório de Expressão Genética de Salk, nos Estados Unidos, autor do estudo publicado esta semana na revista Nature Medicine.

A pílula “envia o mesmo tipo de sinais que em geral são produzidos quando ingerimos muita comida, de modo que o corpo começa a deixar espaço livre para armazená-las, mas não há calorias e nem mudanças no apetite”, assinala.

Testes

A equipe de pesquisa trabalha para iniciar os testes clínicos com humanos, com o intuito de provar a...

Um grupo de 14 alunos de Medicina, Enfermagem, Nutrição e Gestão em Saúde Ambiental da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), orientados pela professora de Medicina Maria Luiza Mendonça Pereira Jorge, iniciarão, a partir  da segunda quinzena de novembro, uma pesquisa para saber o nível de prevalência do diabetes em Uberlândia. A proposta visa avaliar uma amostra de 1.136 domicílios que tenham adultos com mais de 20 anos de idade. De acordo com a professora, devem ser entrevistados de 2 a 3 mil pessoas que se enquadram neste grupo. O resultado deve ser divulgado em dez meses.
 
Segundo Maria Luiza Mendonça Pereira Jorge, a ideia da pesquisa surgiu porque ela já trabalhava com pacientes da doença, mas não existiam números mais específicos sobre os casos na cidade. "A partir desta amostragem, poderemos oferecer base para o município realizar ações para os grupos de risco", disse.
 
Em Uberlândia, o número...

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes