Estudo orientado por ex-presidente da SBD é reconhecido no Prêmio Capes 2020

Professora Dra. Marília de Brito Gomes para realização de pesquisa sobre prevalência da retinopatia diabética

 

São Paulo, outubro de 2020. A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) parabeniza a Menção Honrosa do Prêmio Capes de 2020 recebida pelo artigo do estudo “Prevalência da retinopatia diabética e seus fatores de risco em pacientes com Diabetes Tipo 1, no Brasil” conduzido pela Dra. Laura Gomes Nunes de Melo, médica oftalmologista do Hospital Universitário Pedro Ernesto (UERJ) e do Hospital Federal da Lagoa (RJ), e orientada pela Professora Dra. Marília de Brito Gomes, ex-presidente da SBD.

 

O trabalho multicêntrico envolveu a participação de 46 profissionais de todo o país. A primeira onda ocorreu ainda quando a Dra. Marília Gomes era presidente da sociedade. A segunda contou com o apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e da FAPERJ. 

 

Segundo a Dra. Marília Gomes, o trabalho é de extrema importância por contar com dados de todo o território nacional e com a aplicação de metodologia extremamente rigorosa. O estudo é o único trabalho nacional sobre a prevalência de retinopatia em diabetes tipo 1, no Brasil. A doença é uma complicação do diabetes e pode levar à cegueira, aposentadoria precoce, e diminuição da qualidade de vida. Ressaltamos, que anteriormente todos os dados que tínhamos eram oriundos de estudos de países desenvolvidos. “Entre ~1500 estudos de todas as áreas, envolvendo artes, engenharia e outras especialidades, apenas 50 trabalhos foram premiados ou receberam menção honrosa, o que  mostra a importância do trabalho”, destaca ela.

 

A relevância do estudo para pacientes e profissionais

“O estudo mostra a importância do exame de fundo de olho, que muitas vezes não é feito. Às vezes, o paciente passa cinco anos sem fazer o exame da vista porque acha que está enxergando bem”, explica a Dra. Marília Gomes. Segundo ela, o avanço médico é grande em relação a aparelhos e modo de diagnóstico, mas para isso os pacientes precisam ir ao consultório.

 

A pesquisa ainda chama a atenção para toda a comunidade, para a necessidade de solicitar esse exame. E pontuar que os pacientes, em sua maioria jovens, na faixa etária de 30 anos, vão ter a sua qualidade de vida diminuída por conta do não rastreio da doença.

 

Participantes Estudo Dm1: BrazDiab1SG

Coordenação Geral: Dra Marília de Brito Gomes (UERJ)

Participantes por Centro: 

  • Universidade Estadual do Rio de Janeiro UERJ: Dra. Marilia Brito Gomes, Dra. Alessandra Matheus,Dra. Lucianne Tannus, Dra. Roberta Cobas, e  Doutorandas: Dra. Deborah Conte, Marcela Pizarro, Bianca Senger e Laura Nunes Melo  
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ: Dra. Melanie Rodacki, Dra. Lenita Zandverg, Dra. Joana Dantas 
  • Escola Paulista de Medicina UNIFESP: Dr. Sérgio Atala Dib, Dr. Celso Sallum Filho, Dra Patricia Dualib
  • Hospital das Clínicas FMUSP: Dra. Maria Lucia Giannella, Sharon Nina Admoni, Daniele Pereira dos Santos
  • Associação de Diabéticos de Bauru: Dr. Carlos Antonio Negrato, Maria Fátima Guedes
  • Hospital de Clínicas de Porto Alegre: Dra. Mirela Azevedo, Dr. Luis Henrique Canani 
  • UNICAMP: Dra. Elizabeth João Pavin, Caroline Takano
  • Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná: Dra. Rosangela Rea, Dr. Nicole Balster Romanzini
  • Hospital Universitário João de Barros: Dr. João Soares Felicio, Dra. Flavia Marques Santos 
  • Universidade Federal do Ceará: Dr. Renan Montenegro Jr., Dra. Virginia Fernandes
  • Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão: Dra. Adriana Forti, Dra Angela Delmira
  • Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia: Dra. Reine Marie Fonseca,
    Dra. Ludmila Fonseca, Dra Raffaelle Barros
  • Hospital Regional de Taguatinga: Dra. Hermelinda Pedrosa, Dra. Cejana Hamu Aguiar, Monica Tolentino
  • Coordenação Oftalmologia: Dr. Paulo Henrique Morales (UNIFESP) 
  • Universidade Estadual do Rio de Janeiro UERJ: Dra. Karla Guerra Drumond 
  • Escola Paulista de Medicina UNIFESP: Dr. Fernando Malerbi
  • Hospital das Clínicas FMUSP: Dr. Ricardo Perez
  • Hospital de Clínicas de Porto Alegre: Felipe Mallmann
  • UNICAMP: Dr. Franz Schubert Leal 
  • Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia: Dra. Tessa Matos 
  • Hospital Regional de Taguatinga: Dr. André Pinheiro
  • Coordenação Análise Bioquímicas: Maria de Fátima Bevilacqua da Mata (UERJ) 
  • Coordenação Análise Genética: Dr. Luis Cristovão Porto e Prof. Dayse Silva  (UERJ) 

Saiba mais!

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes