Variabilidade da A1C e mortalidade em pacientes com DM2


Dr. Augusto Pimazoni Netto
Coordenador do Grupo de Educação e Controle do Diabetes do Hospital do Rim – Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A eficácia do bom controle glicêmico na redução das complicações microvasculares (retinopatia, nefropatia e neuropatia) já está devidamente comprovada por vários estudos clínicos. Entretanto, o que ainda é motivo de grande debate é a dúvida em relação à eficácia do controle glicêmico para a redução da mortalidade e das complicações macrovasculares (AVC, infarto do miocárdio, etc.).

O presente estudo avaliou o impacto da variabilidade da A1C sobre a mortalidade de pacientes com diabetes tipo 2 (DM2), independentemente dos valores médios de A1C. O estudo incluiu mortalidades em pacientes com DM2, com ou sem câncer. Foram incluídos no estudo 754 pacientes com DM2 cuja primeira consulta ocorreu entre 1995 e 1996, os quais foram seguidos por, pelo menos, 2 anos e que foram submetidos a 4 ou mais testes de A1C. Esses pacientes foram seguidos até junho de 2012.

Até essa data, houve ocorrência de morte para 63 pacientes. Os coeficientes de risco de mortalidade por todas as causas e não relacionadas com câncer, mas incluindo doenças cardiovasculares, apresentou um aumento crescente e proporcional ao desvio padrão e ao coeficiente de variação da A1C. Os coeficientes de risco de mortalidade por câncer não apresentaram aumento em relação à evolução dos valores de desvio padrão e de coeficiente de variação da A1C.

Os resultados mostraram que utilizando um método de regressão passo a passo, tanto o desvio padrão como o coeficiente de variação da A1C foram preditores de mortalidade por todas as causas, especialmente de mortalidade por causas não relacionadas ao câncer. Por outro lado, o nível médio de A1C, mas não a variabilidade de A1C, pode predizer a mortalidade por câncer.

Referência bibliográfica

Takao T, Matsuyama Y, Yanagisawa H et al. Association Between HbA1C Variability and Mortality in Patients With Type 2 Diabetes. J Diabetes Complications 2014;28(4):494-9. DOI: 10.1016/j.jdiacomp.2014.02.006.

VOLTAR

Você não tem permissão para enviar comentários

Fale Conosco SBD

Rua Afonso Braz, 579, Salas 72/74 - Vila Nova Conceição, CEP: 04511-0 11 - São Paulo - SP

(11) 3842 4931

secretaria@diabetes.org.br

SBD nas Redes